Agenda

15/Dez

Temos o prazer de reabrir a Galeria 535 com a mostra XINGU Escritas Visuais de Marcia Farias.
A exposição é fruto de uma residência artística desenvolvida e produzida pelo People’s Palace Projects em parceria com AIKAX e NECCULT. Financiado pelo Arts and Humanities Research Council (AHRC) and the Global Challenges Research Fund e realizada pelo projeto Imagens do Povo do Observatório de Favelas.
CURADORIA: Francisco Valdean e Bira Carvalho.

10/Dez

Com a proposta de discutir e romper o ciclo de invisibilidade comum à produção artística negra no Brasil, o Itaú Cultural em parceria com o Observatório de Favelas leva ao Rio de Janeiro a itinerância da Mostra Diálogos Ausentes, realizada na sede do instituto, em São Paulo, em dezembro do ano passado. Com curadoria de Rosana Paulino e Diane Lima, e projeto expográfico de Henrique Idoeta, gerente do Núcleo de Produção do Itaú Cultural, a exposição abre ao público no dia 30 de setembro (sábado), às 16h, no Galpão Bela Maré, e apresenta obras de 17 artistas negros brasileiros das artes visuais, cênicas e do audiovisual, entre individuais e coletivos.

A linha curatorial deriva de uma série de encontros com o mesmo nome realizados durante 2016 e 2017 no instituto, com o objetivo de analisar e dialogar entre público, artistas e especialistas a representação dos negros nos diversos segmentos artísticos e expressões culturais. O resultado exibido na mostra materializa a conexão destas três linguagens, tratando das questões raciais por meio de posicionamentos artísticos traduzidos em variados formatos.

Aline Motta, Yasmin Thayná, Dalton Paula, Gessica Justino, Eneida Sanches, André Novais e os grupos Coletivo Negras Autoras e Capulanas Cia. de Arte Negra são alguns dos artistas com obras expostas na mostra. A instalação composta de gravuras em metal, Transe Iluminado, de Eneida Sanches, aborda o conceito de transe como um fenômeno que, de caráter tanto religioso quanto social, auxilia a representação coletiva da cultura negra da Bahia.

O artista visual Dalton Paula é autor do registro da performance Unguento, uma intervenção realizada em 2015 na cidade de Lençóis, na Bahia, durante a mostra Osso Latino-americana de Performances Urbanas. Ainda entre as obras audiovisuais, há as exibições de curtas-metragens como Kbela, de Yasmin Thayná, Quintal, de André Novais, e Cores e Botas, de Juliana Vicente. As artes cênicas aparecem nas fotografias e vídeos, como é o caso de Exu – A Boca do Universo, espetáculo dirigido por Fernanda Júlia representado por imagens e elementos do cenário por meio de objetos cênicos.

Só no Rio
A itinerância da Mostra Diálogos Ausentes no Rio de Janeiro conta com obras de três artistas que não integraram a montagem em São Paulo: Eustáquio Neves, Gessica Justino e Heberth Sobral. Fotografias da série Estandarte, de Sobral, trazem uma releitura das obras de Jean- Baptiste Debret sobre os costumes de africanos escravizados no Rio de Janeiro utilizando peças de brinquedos. Do fotógrafo e videoartista Eustáquio Neves é apresentada a série A Boa Aparência, que pesquisa, a partir de textos periódicos e classificados de oferta de empregos, o hábito cotidiano de se julgar os negros pela aparência.

A produtora criativa Gessica Justino tem como inspiração para o seu trabalho Barbeiragem: desce o pente, corre a trilha os barbeiros e as relações que se desenvolvem nas barbearias. Uma ligação histórica que nos remete a várias conexões – desde os barbeiros sangradores e curandeiros de meados de 1800 aos de favelas e regiões periféricas do Brasil e do mundo na contemporaneidade. A obra consiste em uma instalação com ambiente deste tipo de salão, com cadeiras, espelhos e acessórios, além de fotografias e um curta-metragem relacionado ao tema. No dia da abertura da exposição, durante três horas, acontece uma ativação deste espaço, e profissionais estarão disponíveis para cortar os cabelos de quem se interessar.

A Mostra Diálogos Ausentes é um convite a conhecer a riqueza da produção de artistas negros contemporâneos no Brasil, ao trazer manifestações das formas de fazer, conceitos e novas visualidades que constituem a produção artística da cultura negra atual. Uma arte que manifesta e transforma diálogos ausentes em diálogos presentes. O evento reforça, ainda, a parceria de longa data entre o Observatório de Favelas e o Itaú Cultural, que, recentemente, apoiou reformas no Galpão Bela Maré: climatização e adequação do espaço a normas de segurança. Estimular essas iniciativas é fruto da convicção do instituto de que a cultura é uma das bases para construir a sociedade.

Sobre a série Diálogos Ausentes
Desde abril do ano passado, o Itaú Cultural realiza a série Diálogos Ausentes com o intuito de analisar entre o público, artistas e especialistas a representação dos negros em uma área de expressão diferente, a cada três meses. Em 2016, o primeiro bloco de três encontros discutiu as artes visuais; na sequência, os debates foram sobre as artes cênicas – com foco no teatro – e, por fim, o audiovisual, sobre o olhar do cinema negro. Neste ano, os debates foram sobre o negro na dança, na literatura e na música, encerrando o ciclo de 2017.

SERVIÇO
Mostra Diálogos Ausentes
Abertura 30 de setembro (sábado), às 16h
Visitação: 1 de outubro (domingo) a 10 de dezembro (domingo)
Terça-feira a domingo, das 10h às 19h
Entrada gratuita
Classificação indicativa: 14 anos
Local: Galpão Bela Maré
Rua Bittencourt Sampaio, 169, Maré
Entre as passarelas 9 e 10 da Avenida Brasil
Rio de Janeiro – RJ

Assessoria de Imprensa
Conteúdo Comunicação
Fone: 11.5056-9800
Cristina R. Durán: cristina.duran@conteudonet.com
Amanda Viana: amanda.viana@conteudonet.com
Karinna Cerullo: cacau.cerullo@conteudonet.com
Roberta Montanari: roberta.montanari@conteudonet.com
No Itaú Cultural:
Larissa Correa
Fone: 11.2168-1950
larissa.correa@terceiros.itaucultural.org.br
Carina Bordalo (programa Rumos)
Fone: 11.2168-1906
carina.bordalo@terceiros.itaucultural.org.br
www.conteudocomunicacao.com.br
www.twitter.com/agenciaconteudo
www.facebook.com/agenciaconteudo

Assessoria de Imprensa do Galpão Bela Maré
Piê Garcia (Observatório de Favelas)
comunicacao@observatoriodefavelas.org.br

26/Nov

///BAILE DAS COBIÇADAS////

A Arena Carioca Dicró vai ficar pequena com o Baile das Cobiçadas com a proposta de celebrar o mês da consciência negra e desconstruir preconceitos de todos os tipos. A trilha sonora do baile trará letras da Mc Carolzinha como, “Paz Nas Favelas”, “Bloco das Cobiçadas”, “Do Rio Pro Mundo” e “Passinho Carioca” e um setlist da DJ Garota. Atraindo o público de diferentes gerações contando a história das favelas por meio da música lugar de resistência negra.

E para melhorar o rolê contaremos com a presença da DJ Iasmin turbininha, É ISSO MESMO GALERE, IASMIN TURBININHA NA ARENA CARIOCA DICRÓ

Quer dançar e se acabar? Vem com a gente !

26 DE NOVEMBRO | DOMINGO | 16H | GRATUITO | LIVRE

Mais informações no evento: https://goo.gl/JSMT6x

26/Nov

#GalpãoEmAção com mais um Domingo para vocês! 😍

O Educativo – Bela Maré estará todo domingo apresentando uma atividade diferente para crianças, jovens e adultos às 15h na Mostra Diálogos Ausentes.


No domingo 26/11 teremos o “O visível do invisível” e o educativo convida todxs à uma experiência a partir do desenho branco sobre o branco do papel, e o processo de revelar este desenho a partir da intervenção da tinta preta. A atividade baseia-se na discussão sobre a cor, o outro e seus lugares de visibilidade e invisibilidade, tratando dos campos artístico e sociopolítico.
Maneiro, né? Então chega mais! 🏃‍♂💨

⏰ Domingo, 15h, aqui no Galpão.
Equipe Bela de braços abertos à todxs! 😉

#AtividadeEducativo
#DiálogosAusentesNaMaré
#GalpãoBelaMaré

23/Nov

O COLAB – Encontro de Redes de Inovação e Colaboração é um encontro de pesquisadores, comunicadores, lideranças, gestores que acontece no Rio de Janeiro dias 23, 24 e 25 de novembro de 2017 com objetivo de conectar ideias e práticas inovadoras no campo das novas economias, ciência de dados, comunicação, cultura de redes e inovação cidadã.

Evento público e aberto! Confirme presença https://goo.gl/u3GgKj

Inscrições (certificado/creditação de 20hs de extensão): https://goo.gl/TKYbo8

PROGRAMAÇÃO

Dia 23/11 –Quinta
Local: Auditório do CFCH da UFRJ

10h às 13h – Economias Emergentes
Economia Digital e Ecossistema Big Data; Bancos Sociais e Moedas Virtuais; A Revolução Blockchain; Economia e Diversidade

Debatedores: Luciana Sodré (ODI Rio e Crie-Coppe/UFRJ); Asier Ansorena (Banco Palmas/Fortaleza); Luiz Paulo Lima (Bk4Filmes/Era Transmidia /Feira Preta)); Raphael Guarilha (Stone) Mediação: Ivana Bentes (ECO/UFRJ)

14h às 17h – Redes e Plataformas
Plataformas de governança; Data Science Aplicada às Redes de Comunicação; Tecnológica e Diversidade

Debatedores: Fernando Ferreira (Twist); Victor Vicente (ITS-Rio); Silvana Bahia (PretaLab, Olab, AfroFlix, KBELA): Guilherme Monteiro (HUB/UFRJ) Mediação: Eduardo Weinhardt (PósECO –UFRJ)

Dia 24/11 –Sexta
Auditório do CFCH da UFRJ

10h às 13h – Mídia e Inovação
Jornalismo de Dados, Engajamento Digital, Fact Checking, Mineração e Visualização de Dados, Humanidades Digitais

Debatedores: Tai Nalon (Aos Fatos); Mídia Ninja; Fábio Goveia (Labic/UFES). Ivana Bentes (ECO/UFRJ). Mediação: Matheuz Catrinck (Pontão da ECO)

Dia 25/11 –Sábado – Encontro de Redes
Local: Front Território Inventivo. Rua Benedito Hipólito, 1. Centro.

Manhã – 11h – Encontro de Redes de Mídias Livre e Mídias Comunitárias
e Apresentação de metodologias e ferramentas de formação para as mídias

Tarde – das 14h às 18h – Laboratório de Inovação Cidadã. Experiências inspiradoras, tecnologias, mentorias, parcerias e colaboração

19h às 22h – Chá com Bolacha (Meetup na Laje)

____________________
LOCAIS
Mesas de Debates
Auditório do CFCH da UFRJ . Campus da Praia Vermelha. Av. Pasteur, 250 (Fundos). Urca

Encontro de Redes
Front: Território Inventivo. Rua Benedito Hipólito, 1. Centro.

REALIZAÇÃO: ECO/UFRJ e Laboratório de Inovação Cidadã

Apoio: CNPQ​

Confirme presença na página do evento

https://www.facebook.com/events/511449695891063

23/Nov

Depois de uma edição histórica em 2016, encerramos o #ColaborAmerica com uma certeza: VEM 2017!

E 2017 veio.

Desta vez, um dos principais festivais das novas economias da América Latina será 100% gratuito, com um time maior e mais diverso de curadoria e a vontade cada vez mais intensa em debater, vivenciar e reaprender novos olhares sobre nossa sociedade, economia e planeta.

Marca na sua agenda, confirma presença e convida mais gente pra fazer parte do movimento!

Nos vemos nos dias 23, 24 e 25 de novembro, na Zona Portuária do Rio de Janeiro!

http://colaboramerica.org/

Confirme sua presença no evento: https://www.facebook.com/events/1955957211327142/

participe de nossas redes sociais

Siga a gente no Twitter

Receba nosso boletim

Receba o premiado boletim do Observatório de Notícias e Análises.

Endereços e Direções

Rua Teixeira Ribeiro, 535, Maré
Rio de Janeiro – RJ
Cep: 21044-251  /  Mapa Mapa

Telefones:

55 (21) 3104-4057
55 (21) 3888-3220

Ou envie-nos um email

projetos