EN PT ES

CONEXÕES DE SABERES

O projeto Conexões de Saberes: diálogos entre a universidade e as comunidades populares teve dois eixos fundamentais: fortalecer os vínculos entre as instituições acadêmicas e os espaços populares e contribuir para a permanência qualificada de universitários de origem popular (estudantes negros, pardos e indígenas, oriundos das favelas e periferias de todo o Brasil) nos cursos de graduação.

O programa – que recebeu o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2005 na categoria Educação – tornou-se política pública em 2006, encampada pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação (Secad/MEC), em parceria com o Observatório e 33 universidades federais brasileiras (UFBA, UFPB, UFAL, UnB, UFG, UFMG, UFPE, UNIR, UFRR, UFSC, UFSCar, UFAC, UNIFAP, UFAM, UFCE, UFES, UNIRIO, UFMA, UFMT, UFMS, UFPA, UFPR, UFPI, UFRB, UFRJ, UFRN, UFRGS, UFS, UFT, UNIVASF, UFF, UFRPE e UFRRJ). (2004-2011).