EN PT ES

Sobre o Observatório de Favelas

Fundada em 2001, somos uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público sediada no Conjunto de Favelas da Maré, dedicada à produção de conhecimento e metodologias visando incidir em políticas públicas sobre as favelas e periferias e promover o direito à cidade.

De forma propositiva e ativa pautamos a agenda da cidade por meio da produção e difusão de conhecimentos; do desenvolvimento de metodologias de intervenção, mobilização e formação; e da articulação e implementação de processos de incidência política e qualificação do debate público.

É a partir das favelas e periferias que olhamos para as questões da cidade; sobre ela refletimos e propomos modos diversos de intervenção e construções solidárias de experiências que possam impactar políticas públicas e espelhar novos modelos de acesso à direitos e modos de (con)vivências.

MISSÃO

Buscamos construir experiências que superem as desigualdades e fortaleçam a democracia a partir da afirmação das favelas e periferias como territórios de potências e direitos

VISÃO

Ser referência como uma organização que busca novos caminhos para a redução das desigualdades e o fortalecimento de favelas e periferias como territórios de potências e direitos.

VALORES

Ética
Justiça
Solidariedade
Transparência
Diversidade
Generosidade
Coletividade

Como atuamos?

Partimos de cinco eixos de atuação e buscamos afirmá-los como campos estratégicos, pois apresentam desafios e potenciais determinantes para transformações sociais estruturantes.

Assim, nos empenhamos na elaboração e implementação de programas, projetos e ações que sejam capazes de integrar e entrelaçar estes campos aos debates de raça, gênero, classe, sexualidade e territorialidade numa perspectiva interseccional, a fim de garantir e ampliar direitos e oportunidades para favelas e periferias e suas/seus moradoras/es.

Saiba mais!

Nossa história

Fevereiro de 2009
Lorem ipsum
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Erat enim res aperta. Ne discipulum abducam, times. Primum quid tu dicis breve? An haec ab eo non dicuntur?
Março de 2015
Lorem ipsum
Aliter homines, aliter philosophos loqui putas oportere? Sin aliud quid voles, postea. Mihi enim satis est, ipsis non satis. Negat enim summo bono afferre incrementum diem. Quod ea non occurrentia fingunt, vincunt Aristonem.
Agosto de 2018
Lorem ipsum
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.