Direitos Humanos

Pipa GDPara o Observatório de Favelas, Direitos Humanos são parâmetros éticos, jurídicos e políticos, construídos por lutas sociais emancipatórias. Os direitos humanos são indivisíveis e interdependentes.

As distintas formas de violência, arbítrio e desrespeito vivenciados pelos moradores dos espaços populares apontam para a centralidade da formulação de proposições e práticas de promoção, proteção e reparação dos Direitos Humanos.

No caso dos centros urbanos, as formas de atuação policial, a presença de grupos criminosos armados e os altos índices de letalidade – em especial de adolescentes e jovens – exigem a produção de um novo modelo de Segurança Pública, pautado na valorização da vida e no reconhecimento de todos os cidadãos como sujeitos de direitos. Nesta perspectiva, o trabalho desta vertente busca contribuir para a construção de novas interlocuções que afirmem a segurança pública como direito.

A vertente Direitos Humanos trabalha para propor políticas e metodologias que para a redução da violência letal, principalmente contra os jovens de espaços populares, e para desenvolver projetos que contribuam com uma política de segurança que tenha como princípio fundamental a valorização da vida.

A responsabilidade sobre o tema não deve ser só da polícia, mas do conjunto das organizações da sociedade civil e do Estado.


Envie para um amigo:





Projetos e iniciativas de direitos humanos

  • PRVL
  • Redes de Valorização da Vida
  • Rotas de Fuga
  • Sistematização de Experiências
  • participe de nossas redes sociais

    Siga a gente no Twitter

    Receba nosso boletim

    Receba o premiado boletim do Observatório de Notícias e Análises.

    Endereços e Direções

    Rua Teixeira Ribeiro, 535, Maré
    Rio de Janeiro – RJ
    Cep: 21044-251  /  Mapa Mapa

    Telefones:

    55 (21) 3105-4599
    55 (21) 3888-3220

    Ou envie-nos um email

    projetos